fbpx

Imobiliárias

Como a curadoria de imóveis pode alavancar os negócios da sua imobiliária durante a pandemia

Ana Carolina Bendlin
Escrito por Ana Carolina Bendlin em 29 de junho de 2020
Como a curadoria de imóveis pode alavancar os negócios da sua imobiliária durante a pandemia
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

Se existem listas na internet para todos os assuntos que você imaginar, até os mais inusitados, por que não elaborar uma que apresente os melhores imóveis disponíveis em determinada região ou que tenham uma característica específica, como piscina? É essa a lógica da curadoria de imóveis, que nada mais é do que uma seleção de opções que atendam à demanda de um determinado público, em busca de moradias que contemplem detalhes que nem sempre são encontrados por meio dos filtros nos sites das imobiliárias ou nos portais. 

A curadoria de imóveis tem ganhado cada vez mais força do Brasil, tornando-se uma opção para imobiliárias que desejam diversificar seus negócios e alavancar as vendas. Há imobiliárias inclusive nichadas, que fazem da curadoria um diferencial de posicionamento de marca, como Refúgios Urbanos, Casas Bacanas e Meu Frente Mar, entre outras. A estratégia de curadoria tem servido, inclusive, para driblar a crise ocasionada pela pandemia do novo coronavírus, por meio de campanhas pontuais feitas por imobiliárias. 

Um exemplo de como a curadoria de imóveis tem dado bons resultados durante a pandemia é o case da Anagê, de Joinville (SC). A imobiliária garantiu 51% do total de geração de leads no mês de maio de 2020 com uma campanha de curadoria, com foco em imóveis mobiliados de até R$ 300 mil em uma das regiões mais valorizadas da cidade. A ação foi realizada de forma 100% online devido às restrições de atividades presenciais durante o período de isolamento social.

A estratégia deu tão certo que a imobiliária já repetiu a ação no mês de junho e também está preparando uma campanha para julho, mas com propostas diferentes. “Em junho, fizemos um mês temático para investidores, com uma seleção de imóveis com potencial alto para fechar contratos de aluguéis facilmente. Selecionamos dez imóveis com retorno acima de 0,4% ao mês – um ótimo resultado, quando consideramos que o CDI de maio foi de 0,25 -, garantindo que se tratassem de bons negócios para investidores. Já em julho, a campanha será de imóveis para permuta”, explica Rodrigo Manteuffel A. da Silva, Diretor Administrativo Financeiro da Anagê. 

Campanhas específicas de imóveis para permuta, aliás, são uma especialidade da JBA, de Curitiba (PR). “Esta é uma ação que sempre dá certo, assim como campanhas de descontos ou quando oferecemos benfeitorias nos imóveis. Sempre que fazemos essas ações, as buscas no site costumam crescer cerca de 40%”, conta Ilso José Gonçalves, proprietário da imobiliária. No entanto, a empresa já fez outras campanhas de vendas voltadas a nichos mais específicos, o que se aproxima mais do conceito de curadoria de imóveis. “Já fizemos campanhas de vendas de imóveis com piscina, ou de uma determinada região da cidade, e também de alto padrão”, lembra. 

Curadoria de imóveis

Curadoria x filtros dos portais

Para o diretor da Anagê, a curadoria é interessante no sentido de que facilita o contato com clientes que têm demandas mais específicas. “Quando o cliente faz uma busca em um site imobiliário, aparecem muitas opções repetidas, devido à grande quantidade de anúncios. Claro que os filtros são extremamente importantes, para dar mais opções na busca, mas quando fazemos uma seleção, facilitamos um trabalho que o próprio cliente teria que realizar”, analisa Rodrigo. 

É aí que entra aquela relação da curadoria de imóveis com as listas de internet, como explica Rodrigo. “A seleção de imóveis que fazemos se torna atrativa justamente porque é como se alguém estivesse fazendo o trabalho por você. Mas, assim como acontece com outras listas de internet, o consumidor só vai levar a sério se quem estiver fazendo a lista tiver credibilidade e decidimos entrar nessa onda porque temos um nome forte e respeitado no mercado”. Esse tipo de estratégia também pode auxiliar nas vendas em tempos de pandemia, já que os filtros dos portais e o cadastro falho dos imóveis nem sempre oferecem opções como imóveis com varanda ou quintal, elementos que têm sido cada vez mais procurados durante a quarentena

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.