fbpx

Opinião

Por que decidimos fazer um profundo processo de transformação digital?!

Pedro Fernandes
Escrito por Pedro Fernandes em 2 de julho de 2020
Por que decidimos fazer um profundo processo de transformação digital?!
Toda semana, no seu e-mail.

Assine gratuitamente a principal newsletter do mercado imobiliário brasileiro.

Nasci no mercado imobiliário. Desde novo, a Beiramar Imóveis foi e é um lugar de aprendizado e crescimento para mim. Imobiliária fundada pelo meu pai em 1981, com uma gestão tradicional e familiar, abriu espaço para a minha jornada no universo imobiliário. Comecei a trabalhar na Beiramar quando a empresa já tinha 21 anos de mercado, no início de 2002. Junto com o meu irmão, Paulo, passamos por um longo e estruturado processo de sucessão. Passei por diversas áreas da empresa e, durante esse período, fui preparado para assumir a Beiramar, o que aconteceu, de fato, em janeiro de 2016, quando me tornei CEO. 

Quando assumimos a empresa, Paulo e eu nos perguntamos o que queríamos para o futuro da organização. Após reflexões, chegamos a duas conclusões: o primeiro objetivo era atuar somente em um projeto que fizesse o cliente feliz, e o segundo objetivo era que esse projeto também trouxesse felicidade para nós. O que nos guiou para a construção e a realização desse projeto foi a vontade de entregar mais valor para as pessoas e, portanto, proporcionar a felicidade para quem no grupo empresarial tiver foco.

Assumimos a empresa e nos deparamos com um mundo em transformação, que tinha novos hábitos e novas experiências de consumo. Um mundo que nos oferecia, naquele momento, mais perguntas do que respostas. Mas nós queríamos estar preparados para compreender o que o nosso cliente precisava. Queríamos saber: qual as necessidades e barreiras desse novo mundo? Qual a nova realidade e as transformações que precisamos buscar? Como o nosso cliente vai consumir, alugar e comprar?

Para descobrir essas respostas, o início da nossa jornada foi marcado pela busca por capacitação. Começamos a participar de congressos dentro e fora do Brasil sobre gestão e inovação no mercado imobiliário, fiz MBA executivo na Fundação Dom Cabral e o Paulo trouxe muito conteúdo do estudo em cursos no MIT, Stanford e durante o tempo que morou no Vale do Silício.

Reunimos tudo o que aprendemos e começamos o processo de transformação digital da empresa. 

Como premissa, decidimos que deveríamos nos basear nos valores conquistados e toda a tradição e legado construídos até então na Beiramar, adicionando uma nova camada de facilidade focada no cliente. O nosso propósito, de transformar a experiência de moradia, foi a principal motivação para repensar e refazer toda a jornada do nosso cliente.

Ter o cliente no centro de nossas operações foi o grande motivador para a transformação digital dentro da Beiramar. E, a partir desse momento, passamos a ter um objetivo muito claro: transformar a experiência de moradia das pessoas e trazer o mercado imobiliário para o nosso tempo. 

A partir da compreensão da necessidade do cliente e as suas dores, nós começamos a resolver todas as etapas da jornada imobiliária. O processo começou pela mudança de mindset de nosso time, fizemos isso por meio de workshops com as principais lideranças. A tecnologia foi essencial para obtermos resultados: montamos uma equipe de desenvolvimento, criamos uma plataforma de locação digital, regionalizamos as operações, e digitalizamos o marketing e vendas. 

De lá pra cá, criamos e inovamos bastante. Não inovamos apenas por inovar, mas, sim, para entregar valor para o cliente. Hoje temos o nosso site, que possibilita o agendamento online de visitas, o cliente de locação tem uma área específica na plataforma e os usuários podem ter um acesso automatizado a vários serviços. Do início da jornada até o fim, temos NPS para medir a satisfação do cliente com o nosso processo, até depois do fechamento do negócio. 

Além da transformação digital para o cliente, fizemos uma transformação digital interna, digitalizando toda a empresa e buscando referências em modelos que funcionam. Foi fundamental para nós instalar um modelo de gestão inspirado em empresas de tecnologia que mais crescem no mundo, criando squads, utilizando a metodologia scrum e tornando os processos mais ágeis e flexíveis.

Durante essa história, conhecemos a Ace startups, principal empresa de venture capital na etapa seed money da América Latina. Nos tornamos sócios para investir nas melhores startups do Brasil e, com essa iniciativa, tivemos a possibilidade de estar inseridos no ambiente de inovação e nos alimentando constantemente dessa fonte. 

Em 19 anos no mercado, posso dizer que acredito que a transformação digital é fundamental para a entrega de valor e para melhorar e experiência, porém, aprendi, também, que existe um elo essencial e que move tudo: o ser humano. Human to human é o que a gente mais acredita. Acreditamos em um futuro mais humano. Acreditamos que a tecnologia serve para servir às pessoas e acreditamos, especialmente, em ser uma empresa que usa todas as ferramentas possíveis para fazer o melhor pelo mundo e entregar muito mais valor para as pessoas. É isso que nos move e é essa a felicidade que queremos ver no futuro. 

Pedro Fernandes

Sócio e CEO do Grupo Beiramar, trabalha para transformar a experiência de moradia das pessoas no Brasil por meio de suas empresas e atuação em entidades do mercado. Corretor de imóveis, Administrador de Empresas, com especialização em Gestão de Negócios pela ESPM e MBA pela Fundação Dom Cabral. Foi Presidente da Associação Brasileira do Mercado Imobiliário – ABMI. Está envolvido em iniciativas que propõem um novo mercado, entre elas startups e novos modelos de desenvolvimento imobiliário.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Parceiros

Colibri 360
CSI Seguros Imobiliários
Grupo Zap
Hauseful
Phone Track
Vista CRM